Alunos do “Bom de Nota, Bom de Dança” participam de oficina de grafite em Batatais

    Alunos do “Bom de Nota, Bom de Dança” participam de oficina de grafite em Batatais

    imagem_release_931369 (Medium)

    Lançamento oficial do projeto acontece amanhã (3) no Teatro Municipal e vai reunir autoridades do município

    No último mês de abril os alunos do núcleo Batatais do “Bom de Nota, Bom de Dança” participaram de uma Oficina de Grafite. Ministrada pelos artistas Rodrigo Chov e Pedro Droop, a atividade aconteceu na EMEB do CAIC Professor Gilberto Dalla Vecchia, sede oficial do projeto na cidade.

    A ideia do workshop surgiu dos próprios profissionais do projeto, que viram dentro das aulas de danças urbanas a possibilidade de complementar o aprendizado com os demais componentes da cultura Hip-Hop. O workshop aconteceu no dia 11 e reuniu os alunos matriculados nas turmas da modalidade para as atividades.

    “Além das danças urbanas, consideramos importante trazer outros elementos da cultura Hip-Hop para as aulas. Isso porque aliar a prática ao conhecimento das origens e do significado de cada manifestação cultural torna a experiência de dançar mais ampla, ao passo que incorpora componentes cognitivos que realizam os potenciais dos educandos para aprender a conhecer”, explica Mariana Souza, coordenadora projeto.

    A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos e surgiu na década de 60 como um dos pilares da cultura Hip-Hop. Além dela e da dança, são representantes da cultura urbana o MC e o DJ. “Só é Hip-Hop quando esses quatro elementos se juntam e nosso objetivo é apresentar todos eles durante as aulas no projeto”, conta Adir Aparecido Junior, professor de danças urbanas no núcleo Batatais.

    Convidados para dar a oficina, os grafiteiros Rodrigo Chov e Pedro Droop – ambos naturais de Batatais – explicaram aos alunos sobre a história do grafite e seu papel como ferramenta para a promoção da liberdade de expressão, também dividiram técnicas e aproveitaram para apresentar os principais expoentes da arte aos pequenos.

    Depois da aula teórica, foi o momento de botar a mão na massa. Devidamente protegidas com máscaras, as crianças tiveram a oportunidade de grafitar as paredes da sala onde as aulas de dança acontecem, e deixar o espaço mais colorido com desenhos e formas que remontam a cultura urbana.

    Com ações temáticas programadas para todo o ano, o projeto busca trazer para os alunos elementos que possam complementar a formação oferecida nas aulas e também ao que é aprendido na escola. “Tudo é pensado para que os alunos se desenvolvam e cresçam, não só na dança, mas culturalmente de uma forma geral.”, afirma Mariana.

    E as intervenções artísticas e culturais não param por aí, “para aulas futuras estamos programando a presença de DJs e MCs para rimarem conosco, a intenção é que as crianças tenham conhecimento da cultura Hip-Hop por completo e possamos usar esse conhecimento na nossa apresentação final”, finaliza o professor.

     

    Lançamento oficial

    A cerimônia de lançamento oficial do projeto está programada para a próxima quarta-feira, 03 de abril às 18h30, no Teatro Municipal de Batatais. O evento é voltado aos pais e responsáveis das crianças, mas também aberto à comunidade.

    A programação homenageará as festividades típicas do município, como a Folia de Reis, o Carnaval, a Festa do Leite e também a Festa de San Genaro. “A temática foi escolhida por evidenciar as tradições batataenses, nossa intenção é levar o público por uma viagem através da história da cidade, com coreografias e cores que apresentarão o projeto oficialmente a Batatais”, explica Rodolfo Tarso, assistente de coordenação do projeto.

    O “Bom de Nota, Bom de Dança” oferece aulas de balé e danças urbanas de forma gratuita para meninos e meninas de 7 a 12 anos de idade, matriculados na rede municipal de ensino de Batatais. Recebendo os alunos em contraturno escolar, o projeto já atende 105 crianças.

    As aulas acontecem na EMEB do CAIC Professor Gilberto Dalla Vecchia, localizada na rua Cel. Joaquim Marques, 1260 – Riachuelo. Ainda existem vagas disponíveis em ambas as modalidades e para se inscrever é preciso procurar a secretaria da escola em que as aulas acontecem e preencher uma ficha com as informações da criança. Além das atividades, os pequenos também recebem de forma gratuita lanche após cada aula e uniforme.

    As atividades do “Bom de Nota, Bom de Dança” em Batatais acontecem com recursos de incentivo fiscal da Usina Batatais. O projeto, organizado desde o início de 2017, é viabilizado através do PRONAC (Programa Nacional de Apoio à Cultura), com a missão de fomentar a cultura e a educação.

     

    Serviço
    Lançamento do projeto “Bom de Nota, Bom de Dança – Batatais”
    Data: 03/05, às 18h30
    Local: Teatro Municipal “Fausto Bellini Degani” (rua Senador Feijó, s/nº – Centro, Batatais)
    Evento gratuito e aberto ao público