Meio ambiente ‘entra na dança’ de projeto social, em Lins

    Meio ambiente ‘entra na dança’ de projeto social, em Lins

    Durante todo o mês de setembro, o ‘Bom de Nota, Bom de Dança’ vai trabalhar a questão ambiental

    Neste mês, além de trabalhar o balé e as danças urbanas, o núcleo Lins do “Bom de Nota, Bom de Dança” vai usar a arte para tratar da questão ambiental. Em comemoração ao dia da árvore, celebrado em 21 de setembro, todas as atividades do projeto terão o meio ambiente como tema central.

    Nos dias 14 e 15, as crianças beneficiadas pela iniciativa se envolveram em um concurso de desenhos e frases em torno do assunto. Mauro Ladeia Filho, assistente de coordenação do projeto, conta que os alunos se divertiram, soltaram a imaginação e se empenharam nas tarefas.

    “Os desenhos e as frases revelam uma forma de se expressar e contribuem em vários aspectos, entre eles a coordenação motora, visão, movimentos das mãos, organização do pensamento, construção das noções espaciais e outros aspectos cognitivos muito importantes para a alfabetização e para o desenvolvimento da criança”, comenta Mauro.

    O material produzido pelas crianças será avaliado por uma banca e os vencedores serão premiados. Ao final da competição, todos os desenhos e frases serão expostos nas escolas.  

    Hoje, terça-feira (19), os alunos participaram de uma palestras sobre a importância da reciclagem, que foi ministrada por Aline Maria Nogueira Paulino e Manoel Aparecido Junior, representantes da COOPERSOL – Cooperativa de Recicladores de Resíduos Sólidos de Lins.

    Na oportunidade, os pequenos puderam descobrir possibilidades de reaproveitamento da matéria-prima e os efeitos positivos deste tipo de ação para o meio ambiente. Os alunos também conheceram um pouco do trabalho desenvolvido pela cooperativa na cidade.

    Uma nova palestra abordando o mesmo tema será realizada amanhã, quarta-feira (20).

    Na última semana do mês, os alunos vão fazer o plantio de mudas de árvores ao redor das escolas sedes da inciativa no município.

    “Atividades lúdicas e divertidas são ideais para despertar o interesse da criança sobre a importância da preservação do planeta. É fundamental que esta conscientização se inicie cedo, quando é mais fácil fazer os pequenos entenderem a importância da natureza. Dessa maneira, eles vão crescer com esta ideia bem formada”, conclui Mauro.

    Sobre o projeto

    O “Bom de Nota, Bom de Dança” oferece aulas de balé e danças urbanas de forma gratuita para meninos e meninas de sete a 12 anos matriculados na rede municipal de ensino de Lins.

    “A ideia do projeto é dar a esses alunos uma nova perspectiva de mundo, por meio do acesso à cultura. Essa é a nossa missão, colocar a dança como ferramenta transformadora e estimular as crianças a serem melhores a cada dia”, explicou Eduardo Zanello, fundador da Associação Pró-Esporte e Cultura (APEC).

    As aulas do programa acontecem na EMEF Profª. Gessy Martins Beozzo e também na EMEF João Alves da Costa.

    As atividades do “Bom de Nota, Bom de Dança” em Lins são realizadas com recursos de incentivo fiscal da Usina Lins. O projeto é viabilizado por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura – PRONAC, com a missão de fomentar a cultura e a educação.