Preservar também é coisa de criança

    Preservar também é coisa de criança

    imagem_release_1074273

    Durante todo o mês de setembro, o projeto ‘Bom de Nota, Bom de Dança’ vai trabalhar a questão ambiental em Batatais

    Desenvolver com as crianças ações e posturas responsáveis diante de problemas ambientais, sensibilizando-as sobre a importância da preservação da natureza. Este é o objetivo do núcleo Batatais do “Bom de Nota, Bom de Dança” com a iniciativa “PlantAção”. Durante todo o mês de setembro, as ações desenvolvidas pelo projeto terão o meio ambiente como tema central.

    O assistente de coordenação Rodolfo Tarso explica que a questão ambiental foi escolhida em razão do dia do Biólogo e da Árvore, comemorados em 3 e 21 de setembro, respectivamente. Para celebrar as datas, as crianças atendidas pela iniciativa realizaram o plantio de algumas mudas de plantas medicinais, além de sementes e flores. Os alunos também construíram, junto dos professores e monitores, um jardim vertical.

    “Plantamos hortelã, manjericão, alecrim e morangos. Também fizemos o plantio de oito mudas de árvores na EMEB do CAIC Professor Gilberto Dalla Vecchia, escola sede da iniciativa no município. As mudas, doadas pela Prefeitura Municipal de Batatais, vão representar cada uma das turmas de balé e danças urbanas do projeto”, comenta.

    Rodolfo acredita que a “PlantAção” vai conseguir “germinar nas crianças a semente da preservação do meio ambiente, contribuindo para a conservação da natureza e proporcionando também uma qualidade de vida melhor”, avalia.

    Ao redor do mundo, comemora-se o dia da árvore em datas distintas. No Brasil, a data atual foi escolhida por anteceder a chegada da primavera. “A ação também tem o propósito de dar as boas-vindas à estação das flores”, afirma.

    Além do plantio, os alunos vão participar, ainda, de uma palestra sobre as plantas medicinais e a importância da utilização delas para o desenvolvimento de remédios.

    A iniciativa “PlantAção” foi idealizada e desenvolvida por Rodolfo Tarso, pela professora de balé, Greice Veridiano, pelo monitor de balé, Gabriel Camargo, além do professor de danças urbanas, Adir Jr., e do monitor de danças urbanas, João Paulo Soriano.  

    Sobre o projeto

    O “Bom de Nota, Bom de Dança” oferece aulas de balé e danças urbanas de forma gratuita para meninos e meninas de sete a 12 anos, regularmente matriculados na rede municipal de ensino de Batatais. A iniciativa busca levar aos alunos uma nova perspectiva de mundo, incentivando e integrando-os, tanto nos estudos como na dança.

    Em Batatais, as aulas são realizadas na EMEB do CAIC Professor Gilberto Dalla Vecchia, na rua Coronel Joaquim Marques, 1260.

    As atividades acontecem com recursos de incentivo fiscal da Usina Batatais, via Programa Nacional de Apoio à Cultura (PRONAC), com o objetivo e missão de levar e fomentar a cultura na cidade, em parceria com a educação.